domingo, 25 de junho de 2017

Aventura em 10 cachecóis (2)

O segundo cachecol tem bouclé e algodão. Achei, no meio do estoque, um fio torcido, que nem sei de qual empresa é, mas que servia totalmente para urdume, por ser firme e ter um ar bastante alegre. Este fio, com certeza descontinuado, atende perfeitamente aos requisitos para urdume de cachecol: firme, mas não duro. Foi uma grata surpresa, pois obviamente nem lembrava dele...




Para a trama, decidi por um bouclé da saudosa Linea Italia, chamado Aquarela. Tinha esse único novelo, e achei que seria totalmente adequado. As cores, não sei porquê, me lembram os doces no bar de meu avô, tantos anos atrás...lembrança mais que alegre de um tempo muito bom...




O cachecol nº 3 já está tecido também, e foi executado enquanto 1 e 2 estão em processo de lavagem e finalização. Logo, logo, pensando no nº 4, venho mostrar o que mais andei encontrando no estoque - aliás, viva o meu estoque!!

Até a próxima!

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Aventura em 10 cachecóis

Salve, people! cá estou, iniciando nova aventura, que já estava combinada para iniciar antes, mas que por motivos de trabalho, acabou começando agora. Como sempre, tem várias coisas acontecendo ao mesmo tempo: são provas e aulas, fechamento, e no meio disso, aquela vontade que não me deixava nunca de dar um "up" no ateliê e ter mesas -é isso mesmo. Fiquei alucinada com a idéia de arrumar tudo, vender o que não está sendo usado (daí o post Despacha!), doar, enfim, liberar a energia acumulada. E olhem, não foi fácil. Desapegar nem sempre é tão simples quanto parece, mas a necessidade de saber qual era o meu "acervo" real falou mais alto, e aí, a coisa só progrediu, e ainda não terminou. Ainda não concretizei nenhuma venda, mas há promessas - e sei que a pressa não irá me ajudar. Na arrumação, separei linhas, e organizei outras - e juro, foi a melhor coisa que fiz em meses e meses comprando fios e largando em qualquer lugar. Com a santa e preciosa ajuda de minha mãe, Corina, o ateliê está ficando uma verdadeira beleza, e tudo agora o que preciso são minhas outras duas mesas, e aí estará completo. Mas neste momento, já está um sonho de arrumado, e aqui então começa a aventura citada acima.

Tudo começou com um pedido - uma encomenda para cachecóis infantis. A Pri, fofíssima, fez a singela solicitação de 100 cachecóis infantis. Naquele momento, eu estava no auge do stress com várias coisas, e quase surtei. Obviamente, não seria possível, e conversa vai, conversa vem, combinamos por fracionar, reduzindo este número para 10, pois seria tudo o que eu poderia fazer até o mês que vem. Aproximadamente duas semanas depois, iniciei o projeto, e achei que seria interessante ver quantas combinações diferentes eu conseguiria fazer utilizando sempre a mesma base de largura, comprimento, e  o mais importante - somente ponto tela.

Esta arrumação deu-me chance de achar novelos que já nem me lembrava que existiam, o que me ajudará imensamente ao longo destes dias tecendo e tecendo. Assim, juntem-se a mim nesta empreitada, e venham comigo ver o que consigo fazer. O primeiro está pronto, e é uma mistura de acrílico, poliéster e viscose:










No urdume, fio de acrílico Cristal na cor mel, e para a trama, um fio fantasia em poliéster e viscose , bastante irregular, mas que forneceu uma maciez incrível. Após a lavagem, acho que vai ficar sensacional. O pente usado é 4, e será usado durante a execução da maioria dos cachecóis.

E vamos ao próximo!

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Despacha!

Salve, comunidade artesã! hoje, aparecendo rapidinho para falar de um site interessante para venda, troca ou doação de material de artesanato, novos e usados: o Despacha. Basicamente, para anunciar seu produto você deve postar os detalhes, colocar fotos boas e nítidas, indicar se há frete a cobrar ou não (e nesse caso, você deve colocar as medidas de um possível pacote, bem como peso), e o recebimento é feito pelo sistema Moip, o mesmo do Elo7. Assim, se você tem uma loja lá, já sabe como funciona, e o seu cadastro naturalmente vai servir para a sua loja no Despacha também.

O Despacha não cobra nada por abrir a loja e postar produtos, mas cobra uma comissão de 12% em cima do que for vendido. Está iniciando, e assim, algumas coisas ainda estão por acertar devidamente (em mimha humilde opinião), como por exemplo, o fato de poder editar somente uma vez seu anúncio (e se errar de novo, como ocorreu comigo, tem que pedir para a Bianca (administradora), te ajudar), e o fato de não conseguir simplesmente apagar o anúncio, acredito eu, antes de um mês, tempo mínimo de permanência solicitado. No mais, tem um visual clean, de fácil aprendizado, e eu particularmente gostei muito da proposta porque às vezes temos material muito bom, mas que por motivos diversos não será mais usado, e que acabamos por anunciar em outros sites de venda onde existem milhares de produtos diferentes sendo ofertados também. Acho que, se concentrados em um site específico, a visualização é sempre maior. Assim, se você ainda não conhece, aproveite o link da minha lojinha lá para dar uma olhada nas coisas que estou disponibilizando, e quem sabe, você não abre a sua também?

http://despacha.com.br/lojinha/429


Veja o vídeo da Bianca sobre essa proposta:


https://vimeo.com/221190870


E se achar que vale a pena, está aqui um link de cadastro:

http://despacha.com.br/registerLink/429

A seguir, algumas fotos de produtos que estou "despachando". Gente, tá tudo bem no atelíê. Só estou fazendo uma coisa que há tempos estou planejando, e agora, quase de férias do trabalho, é que estou com tempo: revigorando, renovando, abrindo espaço, esperando o novo. Ao longo de todos esses anos, fui agregando materiais diversos, e que agora, precisam ir a outros lares. Ainda não terminei a "limpa", mas já separei coisa boa:








E aguardem, porque tem mais!

Até a próxima!